Últimas
  • Loading

No dia 4 de dezembro decorreu a Sessão de Abertura, com a presença especial dos alunos do Clube MuDança e dos Clubes de Música do Agrupamento, que abrilhantaram o evento com momentos de dança e de música, vestidos com as cores da diversidade! O dia iniciou com um torneio de boccia, no ginásio, dirigido aos alunos com Educação Física, e com a marcação do campo para a prática desta modalidade para TODOS os alunos.

 

Foram apresentadas as atividades previstas ao longo da semana, desde Palestras, Workshops, Festivais e Dramatizações, todos votados ao tema de uma Escola Verdadeiramente Inclusiva. 

 

A merecer relevo algumas das declarações da equipa dinamizadora:

- "a Inclusão assume todas as diferenças, sejam elas quais forem, e não apenas as dos alunos com deficiência."

-  "...como um dos objetivos do evento, a vontade de semear o espírito de inclusão, a partir da escola e para toda a sociedade, nomeadamente para o mundo laboral"

.- "... sublinhou a importância deste evento na formação da comunidade, referindo que a Escola é o lugar onde se vive a missão de transmitir conhecimentos e valores, não apenas aos alunos, mas a toda a sociedade."

 

No dia 5 de dezembro, terça feira, na escola de Cimo da Serra, recriou-se uma desfolhada intergeracional dirigida à comunidade escolar: docentes, assistentes operacionais, crianças e alunos do curso EFA. Foram vivenciadas experiências únicas para os mais novos e reavivadas memórias para os adultos embaladas por canções populares alusivas ao momento. 

Uma vez mais a "Casa do Aristides" de Belói, facultou as espigas de milho para a iniciativa. O nosso MUITO OBRIGADO! 

 

No dia 6 de dezembro, quarta feira, decorreu uma sessão de relaxamento dirigida a elementos de a comunidade escolar, orientada pela psicóloga Susana Pereira.

Às 17.30h o Auditório da junta de freguesia lotou com a presença de docentes, auxiliares, alunos, ex alunos e outros elementos da comunidade numa formação em Língua Gestual Portuguesa levada a cabo pela intérprete Susana Pereira que fez uma primeira abordagem à língua materna da população surda ao nível dos princípios e da comunicação. Esta ação foi acreditada para docentes e salientamos, com agrado,  a grande quantidade de inscrições de alunos de cursos profissionais de saúde, turismo e animação sócio cultural. Esta formação teve como objetivo dotar, ainda que com poucas "ferramentas", os contextos de acolhimento para possíveis elementos surdos.

 

A introdução da formação esteve a cargo do Clube de Teatro, dinamizado pelo Dr. Hélio Lemos,  com um exercício de expressão dramática muito bem sucedido!

 

No último dia, 7 de dezembro desenvolveram-se diversos Workshops sob os temas: "Técnicas de Controlo das Emoções; INCLUSÃO após o 9º ano; E se fosse comigo?; Eu, DISLÉXICO me confesso!; Como seria uma ESCOLA INCLUSIVA IDEAL?", destinados a toda a comunidade educativa.

 

A sessão de encerramento decorreu na Junta de Freguesia com a atuação do grupo Sonoreando e a Orquestra Músicos d'Ouro, testemunhos na primeira pessoa que contou com a colaboração do Luís Neves e a mãe Isabel Marques Neves; o Sr. Padre Rosas pelo Movimento Fé e luz, o Vasco Balio que ainda nos presenteou com um pequeno concerto e ainda com a presença da Dr.ª Aurora Vieira, Vereadora da Educação da Câmara de Gondomar.

 

Um agradecimento final a toda a equipa de secretariado constituída  pelos nossos alunos: Deolinda Silva, João Monteiro; Beatriz Almeida; Marina Sousa; Inês Martins; Beatriz Teixeira,; André Neves, Andreia Duarte; Francisco Rosário, Vítor Ferreira Marco Vieira; Rafael Martins!

 

Contamos convosco para o ano!

A Organização de Semana para a Inclusão

 

 

 

 


Main Menu